neuromancer

Eu li • Neuromancer

01_neuromancerWilliam Gibson
Editora Aleph
416  Páginas
Ano 2014
Edição Especial de 30 anos.

Sinopse
A história é ambientada em um futuro em que os humanos se interconectam pela matrix: uma alucinação coletiva virtual, por onde todos se conectam para saber tudo sobre tudo. Case, um cowboy (atualmente ele seria um hacker), porém, não pode mais acessá-la. Ele foi banido e, hoje, sobrevive como pode, se drogando nos subúrbios de uma Tóquio futurista e ao mesmo tempo decadente. E continuaria a se destruir se não encontrasse Molly, uma samurai das ruas que o convoca para uma missão da qual depende toda a existência da rede. O romance de estreia de Gibson é o primeiro volume da chamada Trilogia do Sprawl, que ainda inclui os livros Count Zero e Mona Lisa Overdrive.

 

Sem Spoilers, porque isso não é Espilotríssimo

(mais…)

Leia Mais

contador

Eu assisti • O Contador

Primeiramente, deixa eu falar que sinto muito pelo sumiço galera. Sei que tô devendo várias postagens e como essa semana acabei tendo mudanças de ritmo, fiquei um pouco perdida. Estou postando a resenha desse filme um tanto atrasada só para não deixar de postá-la também! Tem Ben Affleck!

Sem spoilers, pois isso não é Espilotríssimo.

Suspense é um dos gêneros que mais aprecio no mundo cinematográfico e O Contador parecia que iria entregar tudo de melhor que um suspense poderia entregar, porém isso se quebra na metade do filme em que vimos ele se transformar em pura ação, mudando totalmente toda proposta que nos fora apresentada, o que é engraçado, pois todo filme é construído (seu marketing também) tentando se afastar do clichês dos filmes de ação que estão estrando toda semana, nos trazendo apenas explosões e tiros.  Devo dizer que Ben Affleck está de parabéns por sua interpretação e a construção de seu personagem, ele parece de fato um autista e a forma que a narrativa é mostrada entre presente e passado, você consegue ver todas as coisas que moldaram o personagem adulto. (mais…)

Leia Mais

topof

Resenha: Animais Fantásticos e Onde Habitam

Sem spoilers, porque isso não é Espilotríssimo.

 

Nunca pensei que eu fosse ter tanta dificuldade em escrever uma resenha, como tive para escrever esta. Fã de Harry Potter e seu mundo há 14 anos, não tinha como eu não ter expectativas sobre esse filme, apesar de ter conseguido não deixá-las grande. Quando o filme acabou eu me dividi em duas: a Carol Fã e a Carol Crítica, pois, apesar do filme ser uma diversão, eu não sabia concluir o que vi na tela. Com certeza, é um mundo extremamente novo e que tem nada a ver com o de Harry Potter, nem tem o que comparar, mas mesmo assim, o que assisti era realmente um obra que se passa no mundo dos bruxo? Com certeza, mas com coisas que me incomodou e o com que me empolgou: o fato de Grindelwald (citado no trailer) ser o grande horror a ser trabalhado em suas continuações junto da história da guerra dos bruxos.

(mais…)

Leia Mais