menina

Resenha: A Menina Submersa – Memórias

capa-menina-limitedCaitlín R. Kiernan
Editora DarkSide® Books
320 Páginas
Ano 2015
Versão Limited Edition

Sinopse
Com uma narração intrigante, não linear e uma prosa magnífica, Caitlín vai moldando a sua obsessiva personagem. Imp é uma narradora não confiável e que testa o leitor durante toda a viagem, interrompe a si mesma, insere contos que escreveu, pedaços de poesia, descrições de quadros e referências a artistas reais e imaginários durante a narrativa. Ao fazer isso, a autora consegue criar algo inteiramente novo dentro do mundo do horror, da fantasia e do thriller psicológico.

 

(mais…)

Leia Mais

capa3

Resenha: Bioshock – Rapture

Sem spoilers, porque isso não é Espilotríssimo.

Não importa se você conhece, ou já jogou, ou não jogou Bioshock (resenha)… não importa,  pois esse livro é o que temos de uma obra muito bem estruturada e de leitura muito rica em detalhes. Peguei esse livro achando que ia ser só a história do jogo, mas foi então que me enganei e foi um ótimo engano. No jogo de Bioshock descobrimos o que aconteceu em Rapture ligando os pontos das diversas gravações que escutamos durante nossa caminhada pela cidade submersa, e no livro temos praticamente tudo o que aconteceu antes de Rapture, durante Rapture e o fim que é o início do jogo para quem já jogou. Bioshock – Rapture é um ar de frescor no meio de tantas novelizações de jogos nas estantes das livrarias. Esse livro é revela e tira dúvidas dos jogos Bioshock 1 e 2, que irá agradará qualquer curioso que sempre gosta de ir mais a fundo. (mais…)

Leia Mais

objetos

Resenha: Objetos Cortantes

Sem spoilers, porque isso não é Espilotríssimo.

Eu amo demais Thrillers psicológicos, esses livros me fazem emergir demais no que estou lendo. Costumo ter a mesma reação e sentimento que o protagonista sente no final do livro e nesse eu acabei perturbada. Esse livro foi tão bom que quando acabou falei alto um palavrão no ônibus e todos me encararam com estranheza. Objetos Cortantes tem uma história tão bem trabalhada que você se sente ao lado da protagonista que está narrando o livro.  Gillian faz um trabalho ótimo como autora, mas você percebe claramente que em Garota Exemplar  ela foi ainda melhor. Ela arquiteta tão bem o que escreve que faz com que a gente sinta as dúvidas, tensões da protagonista, a atmosfera do livro e o local em que ele acontece: Wind Gap uma cidade do interior tipicamente americana, enlouquecedora e com moradores problemáticos. (mais…)

Leia Mais