ink1

Inktober: 31 desenhos, eu consegui.

Inktober é um desafio anual de artistas ou qualquer pessoas que queira participar. Sempre em outubro, o Inktober consiste em você postar um desenho por dia feito em nanquim ou qualquer material que seja a base de tinta, como aquarela, guache, canetas esferográfica, tinteiro ou marcadoras. Você pode fazer desde desenhos ultra demorados e detalhados ou sketchs rápidos, o negócio é participar.

Descobri esse desafio faz uns 3 anos e nunca participei, tirando ano passado que devo ter feito uns 3 desenhos de 31. Desisti logo do início devido a qualidade dos participantes que era extremamente superior a minha, o que me desanimou e deixei pra lá o desafio. Desenhar sempre foi algo muito importante para mim, vocês não fazem ideia. Quando me dá algum bloqueio criativo e não consigo por a ideia no papel me dá uma tristeza, até já me deu inicio de depressão essa frustração que eu ainda tenho sobre meus desenhos, mas hoje sei lidar de forma diferente, apesar de algumas vezes dar uma recaída e fazer esse desafio foi muito importante para mim, porque não foi somente uma forma de treino e disciplina, mas de motivação e uso de tempo.

(mais…)

Leia Mais

Thomas (7)

A arte de ser cosplayer

Posso falar facilmente para você e na real já mostrei até como eu sou apaixonada pelo mundo dos cosplays só pela quantidade de fotos que eu gosto de tirar dessas pessoas incríveis que deixam os eventos mais vivos e divertidos. Muitas vezes eu penso: O que seriam dos eventos sem os cosplayers? Acho que praticamente quase nada e mesmo assim, aqui no Brasil, eles estão aprendendo a serem valorizados pelas organizadores e pelo público que algumas vezes os desrespeitam.

Talvez o mais triste é que as pessoas não lembram que cosplayer são pessoas também. Sabe gente, eu fico extremamente triste quando vejo comentários maldosos na internet por pessoas que não sabem valorizar o trabalho dessa galera que praticamente faze costume design sem dinheiro de  estúdio de cinema haha. É um trabalho tão cansativo e artesanal, para resultados incríveis que traz o personagem a vida real.  Btw, talvez eu faço mais postagens dessa de hoje, pelo fato que amo demais essa galera e o trabalho que eles fazem. Neste primeiro post, convidei meu amigo Thomas, que além de ser um amor, é um dos cosplayers que mais combinou com certos personagens de mangás que amo (Vampire Knight e Code Geass). Acredito que as palavras de Thomas, são uma introdução dessa arte de uma forma agradável, em que eu, com apenas um cosplay, não saberia dizer, apesar que só de estar em eventos e só de acompanhar esses cosplayers, já fiz muitas amizades.

(mais…)

Leia Mais

yuumei1

Cyber ativismo é arte com Yuumei

Fazia tempo que eu estava com muita vontade de fazer postagem de artistas que eu gosto, principalmente por serem uma inspiração para mim. Dessa vez não é alguém que eu tenha contato (apesar de ter dois posts no forno com dois artistas que amo muito), mas é de uma artista que acompanho desde que eu tenho 14 anos, quando comecei a frequentar o DeviantART compulsivamente para melhorar minhas habilidades com o desenho e eu gosto tanto do trabalho dela que já até usei como referência de projeto. (mais…)

Leia Mais

sketch

Quente mesmo é o Sketch-quente!

Que diabos de post é esse, Carol? Bom galera, como sabem eu gosto muito de arte e design, digamos que Sketch-quente é uma iniciativa de designers artistas que passam uma batata quente para outros artistas e tcharan, temos um sketchbook com diversas ilustrações fodas! Igor Furqan Ibn Egidio e Nathalie Kubota, tem em mãos um grande projeto que já tem fila de participantes! Pensem só num livro/sketchbook impresso colaborativo com os ilustradores brasileiros, não só famosos, mas os mais marcantes de nossa geração que são caras que muita gente nem conhece (além do pessoal do ramo).

(mais…)

Leia Mais

capa2

Ilustrar é viver, com Thobias Daneluz

Uma ilustração pode não ser uma foto ou um livro, mas é algo tão vivo como qualquer um desses já citados. Aquele que ilustra é o tipo de pessoa que consegue ver o mundo usando o lado do cérebro mais colorido e inspirador, e sentir o mundo de forma de diferente, fazendo com que cada instante seja uma forma de inspiração, que seja uma linha sobre o papel branco que está a espera de algo se formar: cores, texturas, vida…

(mais…)

Leia Mais