Carol

foto 2Talvez vocês devem me conhecer do meu blog antigo, ou da organização de vários eventos de lançamento de livros (como os da saga Percy Jackson e Instrumentos Mortais aqui em São Paulo) ou sites antigos, mas que venha a apresentação de fato.

Sou Carol Espilotro, como gosto de ser conhecida, já que acho meu nome completo muito grande de ser pronunciado! Nasci dia 17 de maio de 1995, moro em São Paulo/SP, cidade qual amo por tudo que me oferece em cultura e passeios.

Formada em Design, quero ser character/costume designer e concept artist, mas atuo como designer de criação no momento em uma publisher de jogos que amo muito. Gosto muito de desenhar e criar meus personagens, ir ao cinema, ler, jogar, escrever, perder algumas horas descendo a barra de rolagem no tumblr e procurando artes e inspirações no deviantart e pinterest. Sou uma colecionadora nata de ilustrações/concept arts/character design, nem sei porque meu computador está lotado! Choro vendo visual effects, direção de arte e os figurinos de filmes, mas chorar mesmo por cenas tristes é meio difícil. E em jogos então? Deixa ele ser lindo para vocês verem se eu não fico só assistindo ou parada olhando todos os detalhes com um pouco de suor nos olhos. Acho que deu para entender como amo muito esse mundo né? Ok ok, também coleciono dvds, livros e mangás.  Apaixonada por cosplays, já fez um (Elizabeth de Bioshock Infinite) e ama fotografá-los em eventos.

E a personalidade da Carol? Nem sei te explicar. Não sou o tipo de pessoa sociável (ok, se você chegar e perguntar algo na minha área de domínio, eu não calarei a boca), nem de fazer sala, costumo ser muito do contra nas opiniões sobre entretenimento (mas sempre justifico ok, sou muito crítica), meio doida, muito perfeccionista, se irrita fácil, fala muito muito muito rápido e organizada com suas coisas. Acho que meu signo realmente é meu, pouquíssimas características de touro que não se encaixam, por exemplo o fato de entrar numa loja de material artistico ou uma livraria e sem querer seu lado consumidor começa a gritar, ou a fome por coisas que engordam que nunca acaba.