scorch2

Resenha: Maze Runner – Prova de Fogo

Sem spoilers, porque isso não é Espilotríssimo.

Li os livros da série faz um bom tempo, na época que eu tinha outro blog até… logo peguei o livro e reli algumas partes antes de começar a escrever a resenha. Devo dizer que me sinto na obrigação de avisar para quem já leu o livro que o filme de Prova de Fogo é um ótimo filme de ação (ele em si é um filme muito legal), mas que como adaptação falha muito, perdendo até a essência de alguns personagens e da história, mudaram praticamente quase toda a essência do plot do segundo livro, (e se você assistiu o trailer, acho que já deu para sentir essas mudanças, não é mesmo?) diferente do primeiro filme que foi uma adaptação muito boa e que teve mudanças que só agregaram. E aqui estamos: a resenha será voltada ao filme, não adaptação.

Expandindo o universo que nos fora apresentado no primeiro filme, em Prova de Fogo acompanhamos o grupo de Thomas passando por diversos cenários e locais, fazendo com que o slogan da campanha de marketing do filme: “O labirinto era apenas o começo” tenha sido muito eficaz em aguçar a curiosidade do público.  Wes Ball, fez um ótimo trabalho com o orçamento que fora aumentado, nos deparamos com fotografia, cenários e CGI muito bom, e querendo ou não, abrindo possibilidades para se fazer diversos tipos de cenas que foram mais amplas e melhor exploradas, resultando num filme ágil e cheio de experiência, que conseguiria prender atenção até de adultos e tentando agradar a todos, por não se aprofundar num único gênero.

scorch4O que faz esse filme ser totalmente diferente do primeiro, é como se ele fosse um episódio de um jogo, onde temos que passar por diversa fases e perigos até chegarmos num checkpoint para poder descansar. Vencendo cada fase temos o  grupo se desenvolvendo, bolando planos e sobrevivendo. Porém, apesar de toda experiência do filme de ação, toda a sua atmosfera… onde esse road movie quer nos levar? Talvez tenha sido a maior falha do filme (além de ter matado o plot do livro) essa falta de objetivo dado aos protagonistas e para gente. Eles mencionam um nome, algo ou alguém que querem encontrar, mas até aí, não sabemos de mais nada. Galere, de todos os livros/filmes pós-apocalípticos, Maze Runner é o mais cruel e inovador.

Thomas continua na liderança, sem hesitações ao tomar decisões, sempre colocando a vida dos outros na frente da dele e muito companheiro, mas o personagem estava um tanto superficial, muita coisa bacana e é isso, mas Dylan é um ator  talentoso que conseguiu dar um “a mais” para tudo isso. Por já acharem que conhecemos bem os protagonistas, eles não são bem usados, apenas estão lá, tirando Thomas e Teresa que foram os únicos que tiveram diálogos suficientes para concluirmos algo. Nomes como Ki Hong Lee, Kaya Scodelario, Thomas Brodie-Sangster foram apostas para a trilogia, porém seus personagens ainda foram pouco explorados. E temos os novos que foram bem colocados na trama e que agregarem até certo ponto ou não fizeram muita diferença.

scorch3Como sabem, existem os cranks que claramente sofreram uma bela influência visual e de comportamento de Guerra Mundial Z e The Last of US, eles ficaram muito interessantes assustadores algumas horas e nojentos em outras. A fotografia está linda, com uma cor amarelada e com alguns cinzas ou azul petróleo de escanteio, cenografia está muito bem feita e nos envolve.

Gostei bastante da discussão que é colocada a nós: liberdade ou segurança? A intervenção da ciência na natureza, no ser e até que ponto ela chega para tentar fazer algo; e a questão do estado ter poder sobre o indivíduo, não dando opção de escolha se é para um bem maior.

Eu realmente gostei do filme, pode ter tido algumas falhas e clichês, mas como filme de ação ele é muito louco bom! Sequências que te prendem e uma atmosfera de tensão e perigo te acompanham o tempo todo. Wes Ball, que foi o mesmo diretor do primeiro, ele fez um ótimo trabalho novamente, mas se forem xingá-lo pela adaptação, acho que vocês devem questionar o roteirista, produtores e o próprio autor do livro que participou das gravações do filme e aprovou. Vá assistir Prova de Fogo esperando muita ação e divirta-se.

Nota 7/10

 

scorch1Maze Runner: Prova de Fogo (Scorch Trials)
Lançamento em 17 de setembro de 2015 (2h13min)
Dirigido por Wes Ball
Com Dylan O’Brien, Ki Hong Lee, Kaya Scodelario, Thomas Brodie-Sangster, Giancarlo Esposito, Aidan Gillen

Sinopse
Após escapar do labirinto, Thomas (Dylan O’Brien) e os garotos que o acompanharam em sua fuga da Clareira precisam agora lidar com uma realidade bem diferente: a superfície da Terra foi queimada pelo sol e eles precisam lidar com criaturas disformes chamadas Cranks, que desejam devorá-los vivos.

 


Hey galera, devem ter percebido que o movimento no blog inteiro está parado, apesar da frequência de posts ser a mesma anda difícil eu responder comentários e ficar no facebook, espero que mesmo assim vocês não me abandonem asauhsuauhhsuau As férias estão chegando!


Carol

Designer, character designer, costume designer, ama comida, taurina, gamer, cinéfila, bookaholic, chata.

Comente com Facebook!

27 comentários em “Resenha: Maze Runner – Prova de Fogo

  1. Eu confesso que eu fiquei muito decepcionada com o primeiro filme e o primeiro livro e não animei muito de ler o resto. Tudo bem que a culpa foi a expectativa muito grande que o trailer do primeiro me deu rs Ver esse segundo filme até quero, mas estou naquela briga interna de leio ou não leio o livro primeiro? rs
    Beijos! =**

    1. Como falei na postagem, se for assistir, separe bem o livro e filme (:
      Muitas pessoas desanimam com Maze Runner, acho que é por ele ser bem excêntrico e meio jogos mortais de certo modo, mas ele tem boas discussões.

  2. Oi, Carol! Tudo bem? Eu ainda não li nenhum livro da série Maze Runner, mas já vi o primeiro filme e adorei! Provavelmente (por não ter lido os livros) vou adorar esse filme também, mas cá entre nós: É uma pena que tenham feito tantas mudanças, né? Odeio quando isso acontece! :(

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/2015/08/resenha-premiada-johnny-bleas-um-novo.html <- Tá rolando promoção do livro "Johnny Bleas – Um Novo Mundo" lá no blog! ;)

  3. Eu preciso dar uma chance pra leitura!!

    Eu não gostei do primeiro filme, disseram que o segundo é bom, mas me recomendaram o torrent pq é bem continuação do primeiro e pode ser que eu torça o nariz tbm rs

  4. Li toda a série Maze Runner, inclusive o prequel, e devo dizer que não gostei tanto assim. Estava bem entusiasmada com o enredo todo, e de fato acredito que a ideia toda do autor era boa, mas penso que ele não conseguiu desenvolver tudo de forma a chegar em um final que fizesse sentido. Enfim, né, dos filmes eu gosto bem mais! Sei que tem um monte de furos, mas pelo menos é tudo um pouco mais dinâmico do que nos originais. =)

    Um beijo!

  5. Oie Carol =)

    Vou assistir ao filme semana que vem, e estou esperando curtir ele tanto quando curtir o primeiro. Confesso que não li os livros ainda, e como a série é meio grandinha desanimo rs…
    Estou lendo muitas resenhas do filmes que falam da participação não tão expressiva dos outros personagens, o que é uma pena já que eu adorei o Newt e o Minho no primeiro filme.

    Beijos e um bom final de semana;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias…
    @mydearlibrary

  6. Também gostei do filme, mas pra gente que primeiro leu o livro e se apaixonou, é difícil sentir alguma coisa pelos personagens. O Thomas ficou bem superficial, ele corria pelos amigos, pra salvar, mas não havia uma representação propriamente dita dele, e como você falou, o Dylan é um ator tão maravilhoso, fiquei esperando a hora que iam explorar o talento dele, mas nada. Gente aparece, gente morre, e não faz diferença. Sei lá, ficou bom, mas em outros pontos pecou muito

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova no blog de “Lírio Azul, Azul Lírio”, vem conferir!

  7. eu estava pensando em ler ele, assisti ao primeiro filme sem ler e achei bem legal o filme mas, nao posso falar que é perfeito pois nao o li entao haha sabemos como sao as adaptações… eu quero muito ver os outros,parecem ser incríveis e em breve irei ler eles *o* mas agora eu estou lendo uns livros em pdf de terror e horror, agora mesmo to lendo Lolita, é interessante a leitura mas ce tem que ter uma mente aberta e forte… pq é bem chocante.

    † Inocentemente Ingênua †† Inocentemente Ingênua †

  8. Oi Carol,
    Eu ainda não li os livros, mas gostei bastante do primeiro filme.
    Na verdade, até me surpreendi com tudo e fiquei curiosa pelo segundo.
    Acho que os fãs já deveriam estar acostumados com ‘aonde dinheiro começa a entrar a gente faz o que quer’ haha
    E se o autor permitiu…

    Que o próximo seja melhor ainda.

    bjs e tenha um ótimo domingo.
    Nana – Obsession Valley

  9. Oiee
    Cara, eu amo esse filmes. Tenho muita vontade de ler o livro, pois gostei muito do primeiro. Ansiosa para assistir esse. Só não fui ainda por causa da correriaaaaa, mas ireii
    Adorei a crítica
    Beijinhos Screepeer
    Screepeer
    Obs: Fiz um grupo de divulgação para Blogs de entretenimento, e, como seu blog está bem nessa vibe. Gostaria de te convidar *-*
    Blogs de Entretenimento

  10. Quero muito assistir! Não vou comentar nada mais profundo porque realmente não sei o que se passa direito na adaptação, mas hoje assisto, quero sentir as emoções hahaha <3 Obrigado pelo lindo post. Grande beijo.

  11. Carolzita, como vai? :D
    Assisti Maze Runner correr ou morrer e amei, pq exatamente ele agregou algumas (várias) coisas e foi td mt positivo <3
    Bem, vou ir com calma para assistir o filme mas tenho vontade (saudades Newt gente <33333333333333) mas ainda sim parece que vai ser ótimo assisti-lo – as imagens parecem estar muito muito incríveis e ai gente :2222 fiquei com vontade agora hahahahaha
    obrigada <3

    AAAH ual! Aí sim hein Carol? Quem sabe não le e depois me conta se ficou depre tb ?kkk verdade… aquela capa ficou <3
    uhullllllllllll
    Carol, vc vai na BGS esse ano sabado ou domingo? :D
    Um beijo!
    Pâm – http://www.interruptedreamer.com

  12. Fala Carol, como andas?
    Eu vou me atentar ao filme, porque o livro, acho que nunca odiei tanto um protagonista em toda minha parca vida literária.
    Mano, eu assisti esse filme e posso dizer que foi a coisa mais estranha que já vi, serio. Ele é uma adaptação que como adaptação não deveria acontecer e o pior, ele acontece, o filme consegue rodar, tem lá suas referencias, mas parecesse que ele nem se preocupa em captar a essência dos personagens, tipo o Minho, que nos livros é, com licença da palavra, fodão. Sei lá, é um filme que me foi tão esquisito que eu nem fiz a critica, porque não sabia o que avaliar…
    bjos LP
    interruptedreamer.com

  13. Eu nunca assisti o primeiro filme, ou mesmo li algum livro da série literária (É mesmo uma série, ou uma trilogia? Bom, não faço ideia, acho que vou pesquisar à respeito). Me interesso sim pela história, pelo menos pela premissa, mas já ouvi/vi tantas críticas contraditórias, em especial sobre os livros, que isso me desencorajou bastante, e como eu não sou uma das maiores fãs de assistir sem ler, acabei ignorando tudo o que diz respeito a Maze Runner. Mas, quando eu vejo resenhas como essa, algo sempre me faz querer dar uma chance… Quem sabe eu assista o primeiro filme só pra ter uma ideia? c:

    http://eujovemdemais.blogspot.com/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *