oscar1

Quem liga para o Oscar?

oscar5

Por Carol e LP

Se você acompanha o Oscar por pelo menos umas 4 edições, você já acha o padrão exato que a Academia segue para fazer suas escolhas e cometer as injustiças. Estamos na 89th edição do Oscar, uma premiação que talvez a gente dê credibilidade e ibope demais em algo que, infelizmente, já perdeu sua essência e que está acabada por inúmeros pontos e fatos que devemos com toda certeza analisar e criticar. O Oscar está se mostrando uma premiação que não deve mais ser tão louvada principalmente devido a sua comissão de críticos de cabeça um tanto quanto fechada para as obras que realmente devem receber os holofotes. Se você realmente entende como a Academia pensa, você nem precisa assistir o Oscar para saber quem são os ganhadores, como falei acima, o padrão se repete e vai sempre repetir, não importa o quão ruim for a qualidade do filme, mas se seguir os padrões da Academia que iremos criticar, ele estará lá esperando receber um prêmio que não deveria.

Nunca esquecendo que são seis mil votantes na premiação, com uma média de idade que ultrapassa os 60 anos. Segundo a OMS a expectativa de vida média é de 71,4 anos ou seja, são um monte de críticos idosos com conceitos de cinema ultrapassados, só de perceber pelas suas escolhas conservadoras.

Primeiro, vocês repararam numa coisa curiosa? Ano passado, atores e diretores negros fizeram um boicote a Academia juntamente de vários artistas que se solidarizaram, logo esse ano houve um recorde na quantidade de atores afro-descendentes indicados, muita coincidência, não acham? Tenho certeza que alguém deve estar com comichão para falar: “Ah! Mas esse ano houve um nítido aumento nos filmes com negros.” Pode até ser, mas será que houve um aumento na qualidade também? Já que o Oscar está justamente visando escolher o filme e atuações de maior qualidade. Não posso deixar de me indagar sobre os filmes de outras etnias americanas também, afinal, assim como há o afro-americano, deve haver os asiáticos e por aí vai; e gozado, não vejo nem balbúrdia, nem qualquer alarde acerca da participação desses, apenas gente exigindo participação destes em produções que sejam de suas etnias ─ que é totalmente justo. Estou certa que ninguém aqui é cínico e já devem ter percebido que o aumento no número de afro-descendentes indicados e uma eventual vitória significa apenas: “Dê um Oscar pra um deles, assim param de nos encher e agradamos todo mundo” e é isso que a Academia faz, agradar e depois voltar tudo ao normal. E não podemos esquecer o fato de que essa é uma premiação que ocorre dos americanos, para os americanos, mesmo que seja dita como um evento do cinema mundial que no fim precisou criar categorias apenas para produções estrangeiras. Pelo jeito será que se sentem ameaçados pelas produções argentinas ou francesas que possuem uma qualidade que claramente é muito acima em algumas ocasiões? Só para de demonstrar em números, dos 89 prêmios, apenas 15 eram de outros países, quer dizer, foram gravados em outros países que tinham a produção de lá também, sendo 10 deles totalmente britânicos, meio britânicos com EUA e o restante produção de vários países em conjunto ─ com os EUA também .

oscar3Evidente que precisamos embasar para vocês quais são os critérios adotados por essa magnânima entidade: para começo de conversa, a gente sabe que comédias não ganham Oscars e deve ter algo a ver com a forma narrativa de Aristóteles lá na Grécia antiga; depois é que o filme precisa ser realista, ou seja, possuir uma narrativa que aconteça em nossa realidade presente ou passada  prova disso é que apenas Senhor dos Anéis O Retorno do Rei ganhou o prêmio máximo que é a categoria de Melhor Filme  além do apelo social que é sempre muito requisitado e se rolar uma guerra, preferencialmente sobre a Segunda Guerra Mundial, pois mostra como os norte-americanos foram importantes para essa história, logo não faltando filmes patriotas que mostram a bandeira dos EUA o tempo todo; heróis de guerra ou de missões, história de vida sobre grandes gênios ou pessoas que possuem alguma doença que mude suas vidas são também os tipos favoritos da Academia. Quantos filmes de gênios que não ganharam o prêmio máximo e/ou de melhor ator? Quantas atrizes não ganharam ou foram indicadas como Melhor Atriz por interpretarem personagens com algum tipo de doença ou distúrbio mental? Filmes que são baseados em fatos reais ou grandes pessoas da história também possuem um lugar guardado especialmente para eles nas indicações.

Lembrando que houveram algumas mudanças, em tese radicais no que diz respeito a premiação. Aumentaram o número de filmes que concorrem nas principais categorias. “Legal”, você deve estar pensando. Mas vamos voltar ao fatídico ano que deu ao DiCaprio seu tão sonhado prêmio, o ano passado. Naquele ano Mad Max estrada da fúria ganhou nada menos que 6 estatuetas na parte técnica, a exceção o de melhor filme. É tipo premiar todos os jogadores, menos o técnico. Simplesmente não faz sentido! Estamos vendo a mesma coisa com La La Land agora, 14 indicações e pode-se ter praticamente certeza que ganhará vários prêmios na parte técnica, mas em melhor filme? Não merece tanto, principalmente concorrendo com tantos filmes do “gênero da Academia” e um em especial, A Chegada, que de longe foi o melhor filme de 2016, além que é um filme extremamente metafórico só que é ficção científica… Parece que temos um embate aqui.

oscar4Outro advento muito curioso está no fato de que se voltarmos para 2002, ano da primeira premiação na categoria de Melhor Animação, veremos uma coisa incrível: a Dreamworks é o estúdio com mais indicações ao Oscar de Melhor Animação, com um total de 11, seguido de perto por Disney e Pixar com 10 cada uma. A parte interessante vem agora, o estúdio responsável por Shrek só ganhou duas vezes a cobiçada estatueta, enquanto o estúdio do Jobs levou 8 para casa, ao passo que o estúdio do Rato já possui 2 e não me surpreenderia com a terceira esse ano. Agora, sabem quem foi o único filme a estrangeiro a ganhar esse prêmio? A viagem de Chihiro, lá em 2003, um verdadeiro cala a boca de quem reclamar. E para deixar a injustiça mais evidente, esse ano a Disney concorre com dois filmes, Moana e Zootopia… Será que tá faltando animações de qualidade lá fora? No duro? Sendo que praticamente todo ano temos as incríveis obras do Studio Ghibli, da Blue Sky e da mais nova Laika e no fim temos 50% de chance de Disney/Pixar levar contra todos os outros estúdios que fazem animações com exímia expertise em técnicas diferentes, com histórias e personagens muito ricos contra a simplicidade dos já citados.

Apesar de termos muitos pontos que podemos aprofundar, quem sabe em uma próxima vez. Será que o Oscar realmente merece todo seu ibope? Vemos claramente diversas injustiças nas premiações todo ano, como o descaso com Amy Adams que fez dois filmes com uma aceitação absurda. Ou Garota Exemplar de David Fincher em 2014 que foi literalmente jogado de lado por um ano com filmes “básicos” na concorrência, eu e o LP apostamos que se tivesse um “baseado em fatos reais” estaria mais do que ganhando tudo no Oscar, já que em outras premiações Garota Exemplar foi bastante nomeado e vencedor.

oscar2

 

Por mim, Carol, acho que a melhor parte é acompanhar a alta costura no tapete vermelho, já que o Oscar morreu para mim em 2011 quando começou uma seleção de filmes fraquíssimos sendo nomeados e o tombo de Jennifer Lawrence mostrando toda deselegância da Academia, pois foi isso que eu vi ─ aliás que filme fraco. Como um bom estadunidense, o Oscar quer ser algo apreciado mundialmente, mas apenas louvando eles mesmos.

Já pro LP que vós fala, a cerimônia ainda conta com alguma força entre seus espectadores e como eu tenho uma Tia chamada Esperança, né? Mas a realidade é que já faz pelo menos umas 4 ou 5 edições que esse aclamado prêmio desceu a ladeira de qualidade, tal qual um carro com os freios cortados. Resta a pergunta, ainda há espaço para minha Tia?

 

O que vocês esperam do Oscar esse ano? Eu, Carol, sinceramente espero que o diferente que é de longe qual mais se destaca, receba todos seus prêmios ou pelo menos o maior da noite, A Chegada. Espero que também que studio Laika ou Ghibli recebam sua estatueta.

 

Carol

Designer, character designer, costume designer, ama comida, taurina, gamer, cinéfila, bookaholic, chata.

Comente com Facebook!

27 comentários em “Quem liga para o Oscar?

  1. Olá, Carol.
    Eu nem sabia que era ontem para falar a verdade. Só fiquei sabendo porque vi alguns blogs publicando os resultado hehe. Como não sou muito ligada em filmes, não costumo acompanhar as indicações. Nem sabia quem eram os votantes, acho que tinha que ter uma mescla de idades ai. E também não sabia desse boicote o ano passado, e engraçado mesmo que até a melhor atriz esse ano é negra.

    Prefácio

  2. Eu honestamente não ligo, mas apesar do Oscar ser totalmente injusto e previsível na maioria da vezes, sempre tenho vontade de assistir na esperança de ver algo diferente, sei lá. Nessa edição, por exemplo, só assisti a abertura com o Justin Timberlake e fui dormir, rsrs.

  3. Confesso que, até ler seu post, não tinha me tocado pra essa questão dos atores negros indicados. Realmente parece não ser coincidência. Também não sabia que a maioria das pessoas que julga os filmes eram idosos. Seu post está super completo e me abriu os olhos para muitas coisas. Obrigada!

    Beijinhos!
    http://barbaradoblog.com/

  4. Confesso que não sou tããão ligada em filmes para reparar esses pormenores, mas isso também é muito visível no Grammy – que entendo mais. Acabo acompanhando só por “bonito”, mas sem considerar que quem é realmente melhor vai levar o prêmio. Ontem assisti ao Oscar e achei bem estranhas algumas das escolhas :S

  5. Oi Carol, tudo bem?
    Gostei muito da análise e das críticas.
    Posso ser sincera? Não dou a mínima pra Oscar. Nem vi os filmes indicados (exceto 2 de animação: Moana e Zootopia).
    Eu escolho filme pela sinopse ou trailer. Se me agradar, é o que me importa.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

  6. Oi Carol,
    Confesso que sempre me achei bem ignorante com relação ao Oscar, pelos motivos de: 70% dos filmes aclamados eu simplesmente achar bem chato e não gostar deles. Achei sua postagem maravilhosa, e essa decadência se mostra com o resultado da premiação: Aconteceu exatamente o que você escreveu e de quebra um vexame daqueles no fim da premiação. Enfim, como o Oscar aqui passa extremamente tarde eu prefiro dormir rsrrs, mas falando sério; sinto falta de outros filmes na premiação, as animações japonesas são de uma delicadeza e profundidade incríveis, sem contar outras produções. Mas como você bem disse o Oscar se tornou uma forma de exaltar ainda mais as produções americanas, tá quase um “Melhores do Ano” em que a firma separa um dia especial pra premiar os funcionários, e só aqueles bem populares e que estão de acordo com as normas.
    bjus,
    Amanda Almeida

  7. Eu sempre acompanho e assisto os filmes indicados.
    Geralmente, eles debatem um tema da atualidade ou assuntos pertinentes a sociedade. Vejo muito cultura e história nos filmes e tem todo um trabalho por trás dos atores.
    Não estava torcendo para La La Land vencer e muito menos Moonlight. Na minha opinião tinha outros filmes que poderiam ganhar o prêmio pelo trabalho bonito que fizeram contando histórias reais e bonitas.
    Bjoka http://diadebrilho.com

  8. Olá,
    Eu percebo que o Oscar está aos poucos tentando se moldar para o gosto popular/Twitter/Tumblr.
    A mesma coisa o Emmy que era puro marasmo e mesmice e vem se moldando nesses últimos anos num formato parecido. Mas, ambos ainda tem muito que melhorar. Se chegarem ao nível do Grammy, já podem soar o sinal de alerta.
    Encaro Oscar e as outras premiações de cinema – tirando o Movie e o Peoples’s Choice q BOSTAS – como diversão pra trocar ideias sobre filmes, apostas e ainda as maratonas que também acho uma baita diversão porque amo filmes e amo cinema. Comento com os amigos no Twitter e é uma das melhores épocas do ano, pra mim, em questão de interação. Porém, faz tempo que não dou seriedade, ainda vão lá e premiam assediador, acho erradíssimo essa questão de premiarem atores em ascensão – e queridinhos do público das redes btw – que futuramente podem mostrar trabalhos melhores.

    Mas né o que importa é o que eu gosto e se bate com eles, fico feliz.

    tenha um ótimo final de semana.
    Nana – Obsession Valley

    1. Que bom que gosta para interagir. Eu já sou bem mais chata nesse caso, pois eles tentam se moldar ao gosto do público, mas sempre acabam traindo a si mesmos e todo mundo. Emma Stone e La La Land só ganhou tudo aquilo por causa disso: “vamos agradar”. O que é ridículo, além que a premiação depois dessa ultima edição só mostrou o quão fadada está.

  9. Nunca li nada tão verdade. Este ano odiei a piada do Jimmy Kimmel para a atriz francesa Isabelle Huppert, quando lhe disse que a academia nem tinha visto o filme dela. Não me custa a acreditar que seja mesmo verdade…
    LA VEINE

  10. Eu não sou nem um pouco ligada no Oscar. Acho tudo muito previsível, e a maioria dos filmes indicados eu acabo não curtindo. Mas fiquei de fato na dúvida sobre se a qualidade do filme que ganhou o prêmio de melhor é realmente boa, ou se só ganhou justamente pela representatividade dos negros. E mesmo assim, La la land foi ótimo, mas não acho que pra tantos prêmios. A fotografia, a trilha sonora, a história, é tudo realmente lindo, além de possuir várias referências, mas não sei se pra ~tanto. Ótimo texto!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

  11. Oi Carol, adorei seu blog, adorei seu cabelo e realmente concordo com você em vários pontos do seu post e acho que as escolhas deveriam ser feitas de outra maneira.

    Parabéns pelo blog ;) Beijos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *