until

Eu joguei • Until Dawn

Faz muito tempo que não resenho jogos, mesmo tendo terminado alguns indies não consegui escrever para vocês, mas agora irei pegar firmes nas resenhas de jogos porque jogo novo não é o que me falta e depois de tanto desejar um, agora também estou jogando no meu Playstation 4, ou seja, tenho uns 30 jogos no computador para jogar e uns 4 no console. Haja tempo, né? Só de pensar queria que o dia tivesse umas 72 horas.

Se vocês querem ver as resenhas de jogos já feitas, clique aqui.

Sem spoilers, pois isso não é Espilotríssimo

 

until5Until Dawn é um jogo exclusivo para Playstation 4 desenvolvido pela Supermassive Games do gênero Survival Horror e Interactive Movie, ou seja, você escolhe o que e como os personagens devem agir e isso influencia no decorrer da narrativa do jogo. A proposta do jogo se baseia na teoria do Efeito Borboleta, nos mostrando logo no inicio, explicando como funciona o Efeito Borboleta já dando a percepção ao jogador que as escolhas podem causar mudanças grandes na narrativa da história que se passa em uma área montanhoso no Canadá em que um grupo de amigos ficam na casa da família Washington que tem como anfitriões os três irmãos que participam desse grupo. Depois de uma brincadeira de mau gosto que resultou em uma tragédia, o grupo de amigos voltam um ano depois ao grande casarão no meio das montanhas a convite do irmão caçula, para eles viverem dessa vez bons momentos juntos, porém o plano feliz não dá certo e os oitos amigos se veem de frente com um maniaco, algo desconhecido, um homem que pode ser culpado do que ocorreu no ano anterior e conseguir  sobreviver dez horas até o amanhecer.

 

Clique para aumentar

Por ser um Interactive Movie, Until Dawn parece ser fácil a primeira vista, mas fazer escolhas que irão mudar o futuro dos oito personagens parece muito mais pesado do que parece. Além de sobreviver às 10 horas até o amanhecer, você precisa compreender o que ocorreu há um ano na história, tentar desvendar o mistério que assombra o grupo e ir muito mais além no passado, descobrir os fatos que transformaram a montanha em um local que pode ser tão perigoso, ou seja, durante o jogo precisamos observar e encontrar as pistas que encontramos tanto pela casa e pelos outros locais que exploramos. Como falei, o jogo é baseado no Efeito Borboleta e o interessante disso é que temos algumas dicas do que podemos fazer para evitar algumas situações desagradáveis ou presságios de acontecimentos bons, tudo isso com ajuda de totens indígenas que foram espalhados pelas montanhas pelos habitantes indígenas que antes viviam lá, as dicas dos totens são sutis, mas muito úteis nas horas que precisamos parar para analisar as escolhas que devem SIM ser feitas sabiamente. A jogabilidade é simples, apenas andar, ter muita agilidade nos momentos de sobrevivência, ou seja, apertar os controles rapidamente e ter mira.

until2Uma das coisas legais de Until Dawn que apesar de você interagir com o enredo do jogo, não é do tipo que as escolhas são 8 ou 80, elas vão afetando de pouco em pouco o psicológico e os laços de cada personagem, então mesmo que você faça uma péssima escolha você ainda tem chances de consertá-la e mudar o efeito borboleta ou fazer algo muito errado e causar a morte de alguém, apesar de várias tentativas de conseguir consertar o que você escolheu.

Todo jogo foi feito baseado em locais reais e os personagens também, todos foram feitos com a captura de movimento com as atuações de artistas reais e suas dublagens, como nosso Mrs. Robot. no papel do irmão caçula da família Washington. O elenco é composto por Hayden Panettiere (Samantha), Rami Malek (Josh), Brett Dalton (Mike), Meaghan Martin (Jessica), Galadriel Stineman (Ashley), Noah Fleiss (Chris), Nichole Bloom (Emily), Jordan Fisher (Matt), Ella Lentini (Hannah e Beth) e Ella Lentini (Dr. Hill).  A fotografia do jogo é extremamente bonita e bem feita, junto dos efeitos de partícula (que compõem a neve, poeira…) que parecem extremamente naturais, além de toda cenografia não ter ponto sem nó.

 

Clique para aumentar

until8

Jogos desse tipo costumam preferir e transmitir o máximo possível de ser real e isso ajuda muito no terror e bota terror nisso, Until Dawn tem sustos certeiros e muitos momentos de nervoso que só crescem conforme o amanhecer e nessas horas, literalmente ter pulso firme pode salvar algumas vidas. A narrativa do horror de Until Dawn é super refinada e cheia de detalhes, os diálogos dos personagens e nossa exploração podem nos salvar ou matar e tudo isso de forma coesa, natural, sem parecer que a narrativa virou uma esquina do nada, acredito que isso deva-se ao fato que o jogo é dividido pelas horas até o amanhecer e cada capítulo varia diversas vezes entre os pontos de vistas dos personagens e quando ocorrem as mudanças, são nas piores horas, deixando  o destino em aberto.

Until Dawn é um dos melhores Interactive Movie que já joguei, com uma história rica e detalhada com personagens super bem feitos e cheios de personalidade. E é claro, com um game design de dar inveja.

 

10/10

 

 

Carol

Designer, character designer, costume designer, ama comida, taurina, gamer, cinéfila, bookaholic, chata.

Comente com Facebook!

29 comentários em “Eu joguei • Until Dawn

  1. Oi Carol,
    Adorei a dica apesar de não ser tão assídua no mundo nos games atualmente, sou meio old school. Tanto que a outra dona do blog tem um X-Box atualizado e eu já chego lá na casa dela, pedindo Mortal Kombat, mesmo não sabendo os movimentos de nada HAHAHA
    Mas, vou mostrar essa dica pra ela depois. Mesmo sendo para o PS4 ela vai curtir de saber. Ando lendo bastante sobre isso, de usarem atores reais e tal…vi um do Mads Mikkelsen, achei foda. Na verdade, queria ele pra mim em carne e osso, mas ok kkkkkkkk

    E a menina se chama Galadriel mesmo sos

    tenha uma ótima quarta =D
    Nana – Obsession Valley

  2. O gráfico do jogo é muito real. Eu teria medo de jogar, confesso. O meu é o Xbox 360, depois que lançaram o One, tem poucos jogos para o 360 né? Eu jogo mais é o Just Dance e Forza Horizon. Tem um jogo que eu sou louca pra jogar, acho que o nome é Life Is Strange, só sei que a história dele me deixou muuuito interessada em jogar.
    Beijos!

  3. Oi Carol, tudo bem?
    eu realmente preciso de um PS4. Eu tenho um Xone, e gosto muito do meu console, mas também gosto muitos do Play Station. Haja dinheiro pra poder manter esses dois, mas uma dias chego lá.
    Eu já assisti uma análise desse jogo e fiquei muito curiosa quanto a ele, principalmente por causa do enredo. Depois de ler sua resenha fiquei ainda mais com vontade de jogar, pois acredito que esse seja aquele tipo de jogo que nos envolve da maneira certa com a história. ótima resenha, e por favor resenhe mais jogos, gosto muito de ler sobre jogos.
    Abraços,
    Amanda Almeida

  4. Nossa Carol, queria muito jogar Until Dawn. Fiquei com medo só de assistir o trailer. Hahaha! Eu adoro essa ideia da história mudar de acordo com as nossas escolhas. Fora o “elenco” de atores reais, achei demais isso!!!

  5. Olá, Carol.
    Nunca joguei um jogo assim. Como sempre são em inglês nunca sei o que fazer a seguir hehe. Mas achei esse bem interessante. Mas como ando com falta de tempo, até o The Sims, meu favorito não estou jogando mais.

    Prefácio

  6. Opa, Until Dawn, ai sim!
    Sonho em jogar esse jogo, porém só vi vídeo do Luba jogando e já amei de mais! O que falar dos atores em personagens? Isso sempre me surpreende!
    Eu gosto muito de jogos desse escolhas, só acho que deveria ter outro nome pra eles, uma categoria diferente. Porque é muito diferente a programação um jogo de escolhas para os outros tipos de jogos sabe? Mas isso é outra história enfim UAHAUHUA
    Não sou muito de jogar, isso sempre foi meu irmão e eu a viciada em séries. E porque gosto tanto desse tipo de jogo? Isso mesmo, porque gosto de séries! É como se a gente escolhesse o futuro da nossa série UAHUAHUAHAU
    Como você disse, 10/10! UAHAUH
    4am.com.br

  7. Olaa! Tudo bem?
    Nossa, amei muito!! Não sabia que existiam jogos assim nesse estilo interativo meio filme.. e que tudo pode mudar! Achei genial! Eu posso estar no meu próprio filme de terror heheh eu nem curto muito jogos, mas fiquei com muita vontade de jogar esse, vou até ver com o meu namorado da gente procurar para comprar (porque o vídeo game é dele hehe)
    Beeijo

    http://lecaferouge.blogspot.com.br/

  8. Ai, eu sou super fã de jogos e confesso que Until Dawn está na lista dos PRECISO! Amo essa vibe de mexer com o tempo, ter consequências, particularmente adoro jogos em que suas escolhas podem mudar tudo. Fora que fiquei apaixonada pelo gráfico. Preciso.

    Beijos,
    Paixão Literária.

  9. Olá, Carol!
    Tudo bem?
    Faz um bom tempo que não jogo nada. E devo confessar que fico impressionado com os gráficos destes jogos, pois estão cada vez mais reais em relação a fisionomia e expressões dos personagens presentes nos mesmos.
    Enfim, fiquei curioso para jogar. De fato me parece um jogo muito rico e que nos prende por dias.
    Muito bacana a resenha.

  10. A-M-O!!!!! AMO AMO E AMO. Desde o lançamento eu fiquei louca pra jogar Until Dawn. Meu irmão comprou, mas como mora em outra cidade, acabei jogando só uns 5 capítulos. Quem disse que me aguentei? Assisti todo o resto por um gameplay. E caramba, que jogo!!! Esses interativos se tornaram os meus favoritos. E é incrível como você se apega aos personagens, e inclusive cria uma personalidade à ele. Eu meio que incorporei e dei vida à cada um de uma forma diferente, tomei as decisões não pelo que eu escolheria, mas pelo que eu imaginava que o personagem em questão iria fazer. E as cenas no consultório são demais, sempre desconcertantes. Amei a sua resenha, me deu uma saudade imensa de jogar Until Dawn!!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *