paleta

As mais belas paletas do cinema #2

Como vocês sabem, uma das partes que mais gosto em um filme é o conjunto da direção de arte/production design, profissionais que dentro dessa área trabalham em conjunto para desenvolver o visual que fora decidido para o filme, isso incluí também fotografia e cores.

Esse é o segundo post que é para enaltecer produções um tanto recentes (ou não) que possuem um trabalho inspirador de fotografia com uma paleta de cores de dar inveja e todas claramente com um sábio uso do cenário e com significados em cada tom usado em cena. O post será para apreciarmos um bom trabalho de filmes que são ótimos (alguns até Espilotríssimos).

 

O Grande Hotel Budapeste (2014)

Eu acho incrível como Wes Anderson, diretor da produção, consegue fazer com que a direção de arte sempre tenha sua assinatura: o uso de cores pastéis misturada com cores vibrantes, que apesar de bem menor quantidade não espantam a suavidade de todo o restante que é sempre uma paleta delicada, mas muito viva.

 

Her (2014)

O poder do vermelho em praticamente em todas as cenas do filme de Spike Jonze, que é totalmente um jogo da cor em trazer sua atenção para onde a cor está, sempre em volta do protagonista. Isso é uma genialidade do diretor/produtor de design que transforma um filme desses ser totalmente considerado mais do que simplesmente a sétima arte, mas várias outras. As cores nunca são maior que o vermelho, mas tons que o acompanham em perfeita sintonia, sempre tons mais claros e pasteis.

 

Amélie (2001)

A fotografia de Amélie é ousada, em minha opinião, trabalhar com tons de verde e amarelo, junto de vermelho ou bordô que acompanha a personagem é uma combinação que precisa ser muito bem usada para alcançar os tons perfeitos, se não vira algo um tanto gritante para nossos olhos por serem cores fortes, mas temos tudo isso em perfeita harmonia, o bordô sempre em algum detalhe que apenas dá o toque final ao quadro.

 


 

Eaí, gostaram? ♥ Vão querer mais?

Carol

Designer, character designer, costume designer, ama comida, taurina, gamer, cinéfila, bookaholic, chata.

Comente com Facebook!

45 comentários em “As mais belas paletas do cinema #2

  1. Oi Carol,
    Eu sigo um perfil no Instagram que destaca as paletas, acho incrível. Ainda mais eu, a louca das cores kkkk
    Não sei qual desses três filmes eu amo mais, e ainda com a linda paleta ♥
    Wes sempre arrasa! O curta natalino que ele fez, final do ano passado, vários tons de verde possíveis. Fico de cara com as produções dele.

    tenha uma ótima semana:D
    Nana – Canto Cultzíneo / Novo Twitter

  2. Olá, Carol. Tudo bem?
    Adorei os filmes citados, afinal, um melhor que o outro!
    Concordo com tudo o que disse. O Grande Hotel Budapeste é uma das minhas adaptações favoritas, principalmente pela fotografia incrível. Her, eu nunca tinha parado para reparar no uso em praticamente da cor vermelha em todas as cenas. Améilie é outro filme que tenho um grande amor, e a fotografia e tons vibrantes são incríveis mesmo.

    Até mais.

  3. Maravilhosos! O que mais gostei foi o de Her mesmo, me lembro que fiquei encantada quando assisti. Grande Hotel eu nunca assisti, mas aqui em Poa tem um bar que é todo em homenagem ao filme, dai ele é todo nesses tons :)

  4. Obrigado querida :D Devo confessar que também adoooooro por demais o bordeaux :D É uma cor super quente para o inverno :D

    Sou mega fã de grandes cenários e quando se trata de histórias mais temporais – como o caso do Grande Hotel Budapeste -, colo ao filme do início ao fim. Sempre com temáticas fabulosas :D

    NEW YOUTUBE POST | Ser MOTIVADO NÃO DÓI, ok?!
    Miguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

  5. é realmente um trabalho lindo, que muitas vezes nem nos damos conta. Eu por exemplo amo ver os cenários todos harmonizados mas nunca parei para pensar que existe toda uma produção específica para isso. Amélie <3 um dos meus filmes favoritos.

  6. Oi, Carol! Assim, eu tento sempre não pensar muito na produção dos longas porque geralmente não entendo muito bem, mas gostei muito da sua opinião. Não gostei do filme da Amelie, eu detestei aliás, ele é bem maçante. O Grande hotel Budapeste também é um filme bem chato, mas eu já assisti e entendi perfeitamente porque você gostou das cores dele, nunca tinha pensado nisso.
    Beijo! Leitora Encantada

  7. Oie Carol =)

    Me abraça! Achei que eu fosso a única doida que reparava nessas coisas quando assisti filmes rs… Reparo às vezes mais na paleta de cores, na fotografia e na trilha sonora do que na história em si rs…

    Adorei o post <3!

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

  8. Eu vi esse filme Her ontem, achei genial! E a paleta realmente me chamou atenção. Tem cenas em que nem tem a luz vermelha próxima, mas é um papel ou um pedaço de plástico em vermelho que dá aquela luz em tom avermelhado pro filme. Foi muito bem pensado. Já os outros dois filmes eu estou doida pra assistir. Principalmente o filme da Amélie, que até acho que já saiu do catálogo do Netflix e eu não vi :( vai sobrar pro Popcorn Time mesmo, hahaha!
    Beijos!

  9. Olá, Carol.
    Acho que comentei anteriormente que sou bem por fora quando o assunto é esse. Sou dessas que não repara nesse tipo de coisa. Só quando os outros falam mesmo. E olhe lá hehe. Não assisti a nenhum dos filmes citados.

    Prefácio

  10. Nossa, que interessante!

    Nunca pensei nisso e agora que falou já passou outros filmes na cabeça e suas paletas de cores, como Kill Bill por exemplo.
    Engraçado como sem ao menos perceber, isso afeta o modo como vemos o filme, né?
    Adorei essa postagem!

    Um super beijo

  11. Compartilhamos da mesma paixão.
    Eu amo a paleta que o Kubric usa tbm..

    O Grande Hotel Budapeste foi um dos filmes que mais atraiu o meu olhar…
    Já Amelie (tive que assistir o filme umas 6x para um trabalho pra faculdade) e fiquei apaixonada <3

  12. Oooi!

    Os primeiro e o último filmes citados tenho muita vontade de assistir. Mais o último, da Amelie. Só pelas fotos dá pra ter uma noção. Menina, eu amo quando o filme mostra tons de azul do mar e do céu, como Moana. É uma animação, mas achei lindo! Tudo com cores fortes e alegres. Beijos,

    http://www.estranhoscomoeu.com

  13. Oi Carol!
    Td bem?
    Eu não entendo muito sobre essa parte mais profissional de combinação de cores, mas realmente, no filme da Amélie eu senti que as cores fizeram toda a diferença. Muitas vezes eles usam esses recursos para enfatizar algo importante na trama. Acho isso tudo super bacana, recursos visuais são perceptíveis no ato e sempre traz uma sensação especial para cada filme ou história.
    Bjos
    http://www.kelenvasconcelos.com.br/

  14. Oi Carol, tudo bem?
    Acho incrível que para fazer um filme são necessários tantos detalhes, e um deles são as cores. De todas as três produções, a que mais curti foi a paleta de cores do filme da Amelie, pois tenho a sensação de calor olhando para as cores.
    Abraços,
    Amanda Almeida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *